Coréia do Norte pode lançar mais mísseis nos próximos dias

O ministro da Defesa da Coréia do Sul, YoonKwang-Ung, admitiu a possibilidade de a Coréia do Norte lançar mais mísseis nos próximos dias. Falando a um comitê parlamentar, o ministro considerou que o risco existe, levando em conta os preparativos para os testes dos últimos dois meses e os equipamentos e instalações na Coréia doNorte. O conselheiro presidencial de Política Externa e Segurança, Suh Choo-Suk, também não descartou a possibilidade e afirmou que o governo sul-coreano trabalha com esta hipótese. O assessor explicou que a Coréia do Norte está promovendo "um atode pressão política". A intenção norte-coreana, acrescentou, é tentar mudar o sistema de conversações multilaterais sobre o seuprograma nuclear, passando para um diálogo bilateral com os Estados Unidos.Autoridades militares sul-coreanas, citadas pelo canal de televisão YTN, desmentiram as notícias sobre os preparativos da Coréia do Norte para lançar um segundo míssil delongo alcance Taepodong-2. Uma autoridade militar, citada pela rede, informou que não há indícios de um segundo lançamento de Taepodong-2 nas fotos tiradas nas últimas horas por satélites espiões. No entanto, podem ser disparados a qualquer momento novos mísseis de curto e médioalcance, do tipo Scud e Rodong.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.