Coreia do Norte pode realizar novo teste nuclear, diz jornal

Satélites teriam detectado movimentos no local onde Pyongyang fez seus dois primeiros testes

AE, Agência Estado

21 de outubro de 2010 | 18h09

A Coreia do Norte parece estar se preparando para um terceiro teste nuclear, informou hoje o jornal sul-coreano Chosun Ilbo.

 

A notícia é divulgada dias após os norte-coreanos afirmarem que estão prontos para retornar às negociações sobre o programa nuclear do país.

Fontes do governo de Seul, porém, dizem não ter evidências concretas de que o Estado comunista está preparando esse teste.

 

Os funcionários sul-coreanos lembraram que Seul e seus aliados monitoram atentamente o que ocorre nas instalações nucleares norte-coreanas.

 

Jornal mais vendido da Coreia do Sul, o Chosun Ilbo afirmou que satélites dos EUA detectaram movimentos de pessoal e veículos no local onde a Coreia do Norte realizou seus dois primeiros testes nucleares, em 2006 e 2009.

Aparentemente, Pyongyang também está restaurando túneis demolidos durante os dois primeiros testes, segundo uma fonte que pediu anonimato. "Porém é improvável que realize o teste logo. Isso deve levar mais três meses (de preparação até o teste", calculou a fonte.

 

Um porta-voz das Forças Armadas sul-coreanas disse que não há "prova concreta" para sustentar essa versão.

O último teste nuclear da Coreia do Norte ocorreu em maio de 2009. O primeiro foi em outubro de 2006, e nos dois casos o local dos testes foi Punggye-ri, na província de Hamgyong Norte.

 

O teste de 2009 ocorreu um mês após o país desistir de um diálogo em seis partes pelo desarmamento nuclear.

No sábado, 16, a Coreia do Norte afirmou estar pronta para retomar esse diálogo pelo seu desarmamento. Segundo o país, porém, os EUA e outras nações "não estão prontas" para as conversas.

 

Washington afirma que Pyongyang deve primeiro melhorar suas relações com Seul e mostrar sinceridade sobre sua intenção de se desarmar, antes da volta ao diálogo.

 

Um alto funcionário da chancelaria sul-coreana disse ontem que a Coreia do Norte deve permitir que os inspetores visitem as instalações nucleares e declare uma moratória em suas atividades nessa área, antes da volta ao diálogo. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do Norteteste nuclearjornal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.