Coreia do Norte prende sul-coreano que estuda nos EUA por entrada ilegal no país

A Coreia do Norte afirmou neste sábado que prendeu um sul-coreano que é estudante da Universidade de Nova York por ter entrado ilegalmente no país pela fronteira com a China em abril. Segundo o governo, Won Moon Jo tem residência permanente nos Estados Unidos e mora em Nova Jersey.

Estadão Conteúdo

02 de maio de 2015 | 13h25

A detenção ocorreu no dia 22 de abril, após o estudante supostamente ter cruzado o rio Amnok, segundo uma agência de notícias estatal. O jovem de 21 anos passa por interrogatório e admitiu que suas ações estão em discordância em relação à lei do país.

Um porta-voz da Universidade de Nova York confirmou que Joo era um calouro na instituição, mas que não estava matriculado em nenhuma disciplina neste semestre. "Quando soubemos da notícia (da prisão), entramos em contato com sua família para expressarmos nossa preocupação com o seu bem-estar e dar nosso apoio", afirma John Beckman, representante da instituição.

Um agente do ministério da Unificação da Coreia do Sul, que falou em condição de anonimato, afirmou que ainda não há confirmação de que Joo é um cidadão do país e que ele está preso na nação vizinha. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.