Coreia do Norte propõe reunião entre ministros da Defesa com Seul

Sul-coreanos aceitam proposta, mas não dizem se diálogo será a nível ministerial

Associated Press

20 de janeiro de 2011 | 08h56

Atualizado às 10h08

 

SEUL - A Coreia do Sul recebeu nesta quinta-feira, 20, uma proposta da Coreia do Norte para conversas entre os ministros da Defesa de ambos os países, de acordo com fontes que não quiseram se identificar.

 

Veja também:

blog Arquivo Estado: O armistício de Pan-Mun-Jon

especial Infográfico: As origens do impasse na península coreana

 

O Ministério da Defesa da Coreia do Sul decidiu aceitar a proposta da Coreia do Norte, mas o porta-voz do ministério disse que ainda não foi decidido se as negociações seriam realizadas a nível ministerial. "O governo também pretende propor negociações entre altas autoridades sobre a desnuclearização", disse o porta-voz.

 

O convite norte-coreano é a mais nova tentativa da retomada de conversas entre o dois vizinhos asiáticos, que vivem em elevada tensão desde novembro, quando a Coreia do Norte disparou contra uma ilha sul-coreana e matou dois militares e dois civis.

 

Os dois países não encerraram formalmente a Guerra da Coreia (1950-1953) e frequentemente entram em atrito. Além disso, a Península Coreana vive a tensão sobre o programa nuclear norte-coreano, que Pyongyang se recusa a abandonar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.