Coréia do Norte quer retomar conversas com sul-coreanos

O presidente da Coréia do Norte, Kim Jong Il disse à uma delegação da União Européia na quinta-feira que a moratória do país com testes de mísseis nucleares será estendida até, pelo menos, 2003.Durante cinco horas de conversa, Kim também disse que pretende se encontrar novamente com o líder sul-coreano, Kim Dae-jung, mas não enquanto a administração dos Estados Unidos, do presidente George W. Bush, estiver revisando suas diretrizes para a região.A Coréia do Norte também concordou em enviar representantes à Europa nos próximos meses para discutir a abertura nas conversas sobre direitos humanos, um problema frequentement relacionado ao país asiático."Minha impressão é que a Coréia do Norte quer um novo encontro com os sul-coreanos. Mas eles estão apreensivos por causa da revisão da política dos Estados Unidos para a região", disse o primeiro-ministro da Suécia, Goeran Perrson, que ocupa a presidência da União Européia.O compromisso de Kim em continuar evitando os testes com mísseis e renovar os esforços de reconciliação com a Coréia do Sul foram vistos positivamente pela delegação européia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.