Coréia do Norte rejeita plano de encerrar programa nuclear

A Coréia do Norte rejeitou a proposta dos Estados Unidos para que siga o exemplo da Líbia e desmantele seu programa de armas nucleares, o que abriria caminho para o fim do isolamento do país e para a ajuda internacional. O governo norte-coreano considerou a proposta um "devaneio". A recusa foi feita mesmo após os EUA anunciarem que pretendem enviar 50 mil toneladas de alimentos para a Coréia do Norte. Segundo Washington, o gesto não tem relação com o apelo para o fim dos arsenais nucleares. Pyongyang disse que tal proposta "nem é digna de discussão".

Agencia Estado,

24 de julho de 2004 | 13h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.