Coreia do Norte rompe acordo com Estados Unidos

A Coreia do Norte rejeitou nesta quarta-feira a condenação do Conselho de Segurança da ONU a seu recente lançamento de um foguete e anunciou também a ruptura do acordo de ajuda alimentícia, assinado em fevereiro com os Estados Unidos.

AE, Agência Estado

18 de abril de 2012 | 11h29

Em tom de desafio, o regime de Pyongyang disse que não mais cumpriria o acordo bilateral, pelo qual o país suspenderia os testes nucleares e de mísseis de longo alcance, depois de Washington suspender o fornecimento de alimentos.

"Desta forma, poderemos tomar medida retaliatórias, livres do acordo", afirmou o Ministério das Relações Exteriores norte-coreano, acusando os americanos de hostilidade.

Analistas sul-coreanos esperam que a Coreia do Norte faça um terceiro teste nuclear ou lance outro míssil de longo alcance. O lançamento da semana passada, que teria como objetivo pôr um satélite em órbita, foi um fracasso.

Segundo o jornal japonês Yomiuri Shimbun, a China suspendeu o pacto de repatriação de norte-coreanos por não ter sido consultada sobre o lançamento de Pyongyang. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do NorteEUAacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.