AFP
AFP

Coreia do Norte simula ataque nuclear contra Coreia do Sul

Pyongyang diz que lançamento de mísseis na terça-feira fez parte de simulação

O Estado de S.Paulo

20 de julho de 2016 | 06h00

PYONGYANG - A Coreia do Norte informou nesta quarta-feira que os recentes testes de mísseis foram uma simulação de ataques nucleares contra alvos americanos na Coreia do Sul.

Os tiros de três mísseis balísticos realizados na véspera simularam ataques nucleares preventivos contra portos e aeroportos sul-coreanos onde há material militar americano, declarou a agência oficial de notícias norte-coreana KCNA.

Na terça-feira, o regime de Kim Jong-un lançou três mísseis balísticos sobre o Mar do Japão, dias após a Coreia do Norte ameaçar com uma "ação física" contra o sistema antimísseis americano instalado na Coreia do Sul.

A Coreia do Norte informou nesta quarta-feira que os recentes testes de mísseis foram uma simulação de ataques nucleares contra alvos americanos na Coreia do Sul.

Os tiros de três mísseis balísticos realizados na véspera simularam ataques nucleares preventivos contra portos e aeroportos sul-coreanos onde há material militar americano, declarou a agência oficial de notícias norte-coreana KCNA.

Na terça-feira, a Coreia do Norte lançou três mísseis balísticos sobre o Mar do Japão, dias após Pyongyang ameaçar com uma "ação física" contra o sistema antimísseis americano instalado na Coreia do Sul.

Os mísseis, lançados da cidade de Hwangju, percorreram uma distância de entre 500 e 600 km sobre o Mar do Japão, segundo o Estado-Maior da Coreia do Sul, e tinham alcance para atingir todo o território sul-coreano. / AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.