Coréia do Norte suspende temporariamente projetos com Sul

A Coréia do Norte anunciou nesta terça-feira a suspensão de um projeto conjunto com a Coréia do Sul e uma prorrogação nas conversações econômicas intercoreanas até que estejam concluídos os funerais de um proeminente empresário sul-coreano que se suicidou um dia antes.Na segunda-feira, Chung Mong-hun se atirou da janela de seu escritório no 12º andar do edifício da empresa Hyundai em Seul. Ele era executivo da Hyundai-Asan, uma subsidiária da Hyundai que realiza porjetos com a comunista Coréia do Norte, e era acusado de corrupção. O Comitê de Paz Ásia-Pacífico da Coréia do Norrte, encarregado das relações com a Coréia do Sul, enviou suas condolências à Hyundai-Asan e à família de Chung. A morte de Chung ?nos obriga a suspender a visita ao Monte Kumgang por determinado período de luto com profunda dor por sua morte?, disse o comitê, segundo a agência de notícias estatal norte-coreana KCNA. A Hyundai-Asan disse que cancelou as visitas marcadas para a partir de quarta-feira e que espera para breve o reinício das operações. Também hoje, a Coréia do Norte propôs ao Sul adiar as conversações sobre linhas ferroviárias e rodovias fronteiriças que estavam programadas para quinta e sexta-feiras em Kaesong, uma localidade norte-coreana. O ministério sul-coreano da Unificação disse que aceitava o adiamento proposto pelo Norte e sugeriu que as conversações sejam retomadas na próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.