Coreia do Norte vai processar dois turistas dos EUA

A Coreia do Norte está se preparando para processar dois turistas norte-americanos acusados de atos hostis contra o país.

AE, Agência Estado

29 de junho de 2014 | 23h01

A agência estatal de Pyongyang, Korean Central News, publicou que as suspeitas sobre Miller Matthew Todd e Jeffrey Edward Fowle se confirmaram por meio de evidências e de seus testemunhos.

A KCNA acrescentou que o governo norte-coreano está se preparando para julgar os dois norte-americanos, embora não tenha informado quais crimes eles supostamente cometeram. Segundo a agência, os dois foram detidos em abril após entrarem na Coreia do Norte como turistas.

Os EUA e a Coreia do Norte não possuem relações diplomáticas. Por isso, a Suécia, que tem uma embaixada em Pyongyang, supervisiona as questões consulares para os EUA. A não ser que o acusado assine uma renúncia de privacidade, o Departamento de Estado dos EUA não pode anunciar detalhes sobre o caso.

Tecnicamente, a Península Coreana continua em estado de guerra, uma vez que o conflito de 1950 a 1953 entre as duas Coreias terminou com um armistício, e não um tratado de paz. Cerca de 28.500 tropas norte-americanas permanecem em território sul-coreano para impedir possíveis agressões do norte. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Coreia do norteeuajulgamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.