Coréia do Sul apóia EUA e oferece ajuda

A Coréia do Sul anunciou na manhã desta quarta-feira que apoia a ofensiva dos Estados Unidos contra o Iraque e ainda ofereceu homens para ajudar, mas não tropas para combater. ?O governo da Coréia do Sul apóia os EUA e os esforços da comunidade internacional de prevenir a propagação de armas de destruição em massa?, disse Ra Jong-il, assessor da segurança nacional sul-coreana. Segundo o assessor, seu país tem várias maneiras de cooperar na guerra do Iraque, possivelmente na ajuda aos refugiados e no envio de soldados para atuar em áreas estratégicas. Ra não adiantou quais seriam essas áreas. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.