Coréia do Sul apresenta candidato à sucessão de Annan na ONU

O Ministério de Assuntos Exteriores e Comércio da Coréia do Sul apresentou nesta terça-feira seu titular, Ban Ki-Moon, como candidato para suceder o secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, cujo mandato termina em dezembro.Ban, um diplomata com quase 40 anos de carreira, poderá trazer "uma grande contribuição para fortalecer a ONU e realizar as reformas do organismo mundial", segundo o ministério.De acordo com um comunicado lido pelo vice-ministro de Exteriores, Yu Myung Hwan, Ban tem todas "as qualificações para trabalhar pelos ideais das Nações Unidas, como a paz, segurança, desenvolvimento, democracia e direitos humanos".Nenhum diplomata da Ásia foi titular da ONU desde 1971, quando o birmanês U Thant cumpriu dez anos no cargo. Embora a eleição do novo secretário-geral seja votada pelos membros da ONU, é do Conselho de Segurança, com a capacidade de veto de seus cinco membros, a decisão final sobre o sucessor de Annan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.