AFP PHOTO / JUNG YEON-JE
AFP PHOTO / JUNG YEON-JE

Coreia do Sul e EUA realizam exercício de defesa

Mais de 2,6 mil fuzileiros navais sul-coreanos e americanos participaram de operação de desembarque anfíbio no litoral oriental sul-coreano; manobras prosseguirão até o dia 11 de novembro

O Estado de S. Paulo

31 Outubro 2016 | 11h56

SEUL - Coreia do Sul e Estados Unidos iniciaram nesta segunda-feira, 31, manobras militares em águas sul-coreanas para ensaiar a resposta perante um hipotético ataque da Coreia do Norte, informou o Ministério da Defesa de Seul, em um momento de forte tensão na região.

O exercício militar Hoguk, que acontece até o dia 11 de novembro, começou com uma operação de desembarque anfíbio no litoral oriental sul-coreano, da qual participam 2,6 mil fuzileiros navais da Coreia do Sul e 130 americanos, informou um porta-voz de Defesa sul-coreano.

Para a manobra desta segunda se mobilizaram cerca de dez navios de guerra - entre eles vários destróieres Aegis -, e 30 aviões e veículos de assalto anfíbios, a fim de melhorar a interoperabilidade das forças conjuntas para resistir a um possível ataque da Coreia do Norte na região da fronteira marítima oriental, segundo o porta-voz.

Os exercícios dos aliados podem gerar novas ameaças da Coreia do Norte, que considera ações como esta um ensaio de agressão a seu país. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.