Coreia do Sul envia missão à América Latina para ampliar comércio

País espera assinar seis memorandos de entendimento que permitam sentar as bases de novos projetos para o desenvolvimento de mineração e de recursos naturais

Efe,

25 de abril de 2011 | 04h31

SEUL - O governo sul-coreano anunciou nesta segunda-feira, 25, o envio de uma missão à América Latina para estreitar laços comerciais com a região, especialmente no que se refere a recursos naturais, informou o Ministério da Economia e Conhecimento do país asiático.

A delegação que partirá na terça-feira para o México é liderada pelo vice-ministro sul-coreano de Economia, Park Young-june e se dirigirá posteriormente à Colômbia, Venezuela e Peru, onde também explorará oportunidades de troca econômica.

Durante esta viagem de dez dias, a Coreia do Sul espera assinar seis memorandos de entendimento que permitam sentar as bases de novos projetos para o desenvolvimento de mineração e de recursos naturais, um dos principais interesses comerciais do governo de Seul na América Latina.

Além disso, a Coreia do Sul espera melhorar o acesso de suas companhias nacionais a projetos públicos de infraestruturas e energia, incluindo os relacionados com a energia atômica e serviços.

Além disso, Park revisará em Lima os avanços na aplicação do TLC assinado entre os dois países no mês de março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.