Coreia do Sul fecha unidade de ajuda humanitária no Norte

Modificação é parte da reestruturação ministerial aprovada em reunião do Gabinete sul-coreano

Efe,

12 de maio de 2009 | 05h16

O Ministério da Unificação sul-coreano anunciou nesta terça-feira, 12, que fechará sua divisão de ajuda humanitária na Coreia do Norte, e em seu lugar criará uma nova unidade para analisar mais a fundo a política interna do país comunista.

 

Essa modificação é parte da reestruturação ministerial aprovada em reunião do Gabinete presidido pelo primeiro-ministro sul-coreano, Han Seung-soo, informou a agência local Yonhap.

 

Fontes do Ministério da Unificação explicaram que a medida tem como objetivo reforçar a política de unificação das duas Coreias, assim como melhorar o serviço de Inteligência.

 

No entanto, acrescentaram que o fechamento da unidade de ajuda humanitária não vai gerar mudanças na prática, pois será absorvida pela divisão de Troca e Cooperação intercoreana.

 

A unidade de ajuda humanitária do Ministério da Unificação sul-coreano foi criada em 1996 para tratar, entre outros, o assunto dos refugiados norte-coreanos.

 

Até agora, esse departamento serviu também para organizar os encontros entre famílias separadas pela Guerra da Coreia (1950-1953).

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do SulCoreia do Norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.