Coréia do Sul será a sede em 2010 da Conferência da AIEA

Os representantes ao mais alto nível da AIEA acudirão à cidade de Daejeon, ao sul de Seul

EFE,

19 de outubro de 2008 | 05h21

A Coréia do Sul será a sede da 23ª conferência anual sobre Fusão de Energia da Agência Internacional da Energia Atômica (AIEA), organizada para promover o uso desta tecnologia energética, informou neste domingo a agência "Yonhap". A cúpula de sete dias, que será realizada em outubro de 2010, reunirá na Coréia do Sul mais de 1.000 cientistas e representantes dos Governos de 40 países que participam dos esforços de pesquisa e desenvolvimento da fusão de energia, segundo o Ministério da Educação, citado pela "Yonhap". Os representantes ao mais alto nível da AIEA acudirão à cidade de Daejeon, ao sul de Seul, para participar deste evento considerado como um do mais importantes no campo da fusão energética.Coréia do Sul, União Européia (UE), Japão, Rússia e Estados Unidos colaboram atualmente em um projeto para a construção do Reator Termonuclear Internacional Experimental. O projeto consiste no desenvolvimento de uma fábrica de fusão de energia para meados da década de 2030, que seja capaz de gerar pelo menos 1.000 megawatts de eletricidade para a década de 2040. A primeira conferência sobre fusão de energia aconteceu em 1987 em Salzburgo, e a edição deste ano foi organizada em Viena.

Tudo o que sabemos sobre:
AIEA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.