Coreia do Sul suspeita de drones enviados pelo Norte

Autoridades do governo da Coreia do Sul afirmaram que suspeitam que dois aviões não tripulados, ou drones, que caíram recentemente perto da fronteira com a Coreia do Norte foram enviados pelo país vizinho para possíveis missões de vigilância.

AE, Agência Estado

02 de abril de 2014 | 16h24

Um drone caiu na ilha Baengnyeong na segunda-feira, quando os dois países dispararam centenas de bombas um contra o outro em uma elevação da animosidade relacionada à fronteira aquática entre eles. Em 24 de março, outro drone havia caído em Paju, cidade sul-coreana próxima à fronteira com o norte.

Investigações preliminares descobriram que os dois pequenos aviões eram rudimentares e equipados com câmeras japonesas que não podem enviar vídeos ou fotos em tempo real, segundo o porta-voz do Ministério da Defesa, Kwon Kihyeon. Os drones só podem tirar fotos e precisam ser recuperados para que as imagens sejam vistas.

A suspeita de que eles foram enviados pela Coreia do Norte surgiu porque textos gravados nas baterias estão escritos em estilo norte-coreano, disse Kwon. O porta-voz afirmou que os drones tiraram fotos de Seul, Paju e outras áreas próximas da fronteira, mas se recusou a dizer quais locais específicos foram retratados. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
COREIA DO NORTECOREIA DO SULDRONES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.