Coreia do Sul vai parar importações de petróleo iraniano

A Coreia do Sul vai parar de importar petróleo bruto do Irã, a partir de 1º de julho, como consequência das sanções da União Europeia, que irá cortar os serviços de seguros para as transportadoras de petróleo iraniano, informou hoje o Ministério de Economia do Conhecimento.

Agência Estado

26 de junho de 2012 | 01h01

Apesar dos esforços sul-coreanos para obter um maior acesso aos serviços de seguros europeus, uma reunião de ministros da UE terminou ontem sem nenhuma indicação de que a entidade vai abrir qualquer exceção às suas sanções, relatou o ministério, em um comunicado.

O governo sul-coreano importa do Irã em torno de 10% das suas necessidades de petróleo. A Coreia depende inteiramente das empresas europeias de seguros no que se refere ao transporte do produto. Seul informou que pretende acompanhar de perto a oferta e a demanda de petróleo, continuando os esforços para garantir fontes alternativas. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.