Coréia: negociações sobre ameaça nuclear em dezembro

A segunda rodada das negociações de seis nações visando pôr fim ao desenvolvimento de armas nucleares pela Coréia do Norte será provavelmente realizada em 17 e 18 de dezembro em Pequim, informou uma autoridade sul-coreana. "Ainda não foi oficialmente anunciada, mas o clima geral é de seguir nesta direção", explicou o assessor de Segurança Nacional Ra Jong-yil depois que a mídia da Coréia do Sul, citando fontes governamentais, divulgou que o encontro estava planejado para aquelas datas. Ra acrescentou que as conversações nucleares envolvendo as duas Coréias, Japão, Estados Unidos, China e Rússia serão promovidas na capital chinesa, Pequim. Uma conferência das seis nações na China em agosto foi concluída com os participantes apenas reiterando o desejo de uma solução diplomática para o impasse que teve início há um ano quando autoridades dos EUA disseram que a Coréia do Norte havia admitido que implementava um programa clandestino de armas nucleares. A Coréia do Norte tem dito que só abandonará seu programa de "dissuasão" nuclear depois que os EUA assinarem um pacto de não agressão com a nação comunista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.