Coréia no Norte teme ataque norte-americano

O porta-aviões norte-americano USS Carl Vinson ancorou neste sábado no litoral da Coréia do Sul. Ao mesmo tempo, a Coréia do Norte advertiu que a concentração de forças norte-americanas na região aumenta o risco de um conflito nuclear. ?Nós estamos sempre prontos?, disse o capitão Richard B. Wren a jornalistas em visita ao navio norte-americano, que transporta vários aviões capazes de escapar do controle de radares.O governo norte-coreano se opôs às manobras militares anuais por parte das forças dos EUA e sul-coreanas que começaram neste mês, em meio a uma crise sobre os programas nucleares da Coréia do Norte.Em Pyongyang, o jornal Rodong Sinmun traz hoje matéria afirmando que os Estados Unidos podem atacar a República Popular Democrática da Coréia (nome oficial da Coréia do Norte) a qualquer momento. Ainda segundo o jornal, os Estados Unidos estão em fase final de preparação para uma guerra nuclear. Washington tem afirmado que busca uma solução pacífica para a crise. Mesmo assim, Pyongyang acusa os norte-americanos de usarem as manobras como um pretexto para enviar armamento moderno à península e ensaiar uma invasão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.