Coreias do Norte e Sul trocam tiros na fronteira

Soldados das Coreias do Norte e do Sul trocaram tiros neste domingo depois que guardas norte-coreanos se aproximaram da fronteira entre os dois países.

AE, Estadão Conteúdo

19 de outubro de 2014 | 14h06

Segundo as Forças Armadas da Coreia do Sul, cerca de 10 soldados norte-coreanos chegaram perto da linha de demarcação que define a fronteira, dentro da zona desmilitarizada separando os dois países, no fim da tarde (horário local).

Os soldados sul-coreanos transmitiram mensagens de alerta e dispararam tiros de alerta após a recusa dos norte-coreanos em se retirar. Os militares da Coreia do Norte revidaram, e a troca de tiros durou cerca de 10 minutos. Depois disso, os soldados norte-coreanos recuaram.

Militares norte-coreanos também haviam se aproximado da fronteira no sábado, mas recuaram depois de as tropas sul-coreanas dispararem tiros de advertência.

Os incidentes estão ocorrendo depois que altos funcionários de ambos os lados concordaram no início deste mês em manter conversações entre autoridades de alto escalão sobre questões do interesse dos dois países no final deste mês ou no início de novembro. A Coreia do Norte tem um histórico de escalada das tensões antes de negociações com o Sul, a fim de tentar obter concessões. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.