Coréias retomam reuniões interministeriais de reconciliação

As duas Coréias retomam nesta terça-feira em Pyongyang suasreuniões interministeriais de reconciliação, após uma interrupção de sete meses, período no qual a Coréia do Norte realizou um teste nuclear.Há duas semanas, os dois países chegaram a um acordo dedesnuclearização, assinado com os Estados Unidos, Rússia, China e Japão. Em troca, o regime norte-coreano receberá petróleo. O pacto reabriu o caminho para os encontros ministeriais entre as duas Coréias.Seul espera normalizar as relações com Pyongyang, bloqueadasdesde os testes com mísseis norte-coreanos em julho de 2006.A nova rodada de diálogo de quatro dias deverá discutir a ajuda humanitária à Coréia do Norte, as reuniões das famílias separadas pela guerra (1950-1953) e outros assuntos para diminuir a tensão na península coreana.Segundo o presidente sul-coreano, Roh Moo-hyun, o acordo fechado em Pequim contém elementos pra criar uma paz duradoura na península coreana e formar um sistema multilateral de cooperação em segurança para o Nordeste da Ásia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.