Coréias trocam tiros na fronteira

Guardas das Coréias do Norte e do Sul trocaram tiros através da fortemente armada fronteira entre os dois países nesta terça-feira. O tiroteio não deixou feridos disse um fonte militar da Coréia do Sul. O tiroteio ocorreu em meio a um impasse nos esforços de reconciliação entre os dois países. A interrupção do diálogo após a última rodada de conversações há duas semanas, provocou o recrudescimento das acusações da Coréia do Norte contra a Coréia do Sul. O escritório sul-coreano disse em um comunicado que o tiroteio desta terça-feira ocorreu no setor oeste da fronteira perto de Paju, a 40 km a nordeste de Seul, por volta das 10h40 (hora local). De acordo com o comunicado, dois ou três tiros partiram do posto de guarda fronteiriço do lado norte-coreano dentro da zona desmilitarizada de 4km, e soldados sul-coreanos responderam imediatamente ao fogo. Um dos tiros norte-coreanos atingiu uma janela do posto fronteiriço sul-coreano e outro atingiu uma cerca, sem ferir soldados da Coréia do Sul - que lançaram advertências pelo rádio e, em seguida, atiraram, sem ferir soldados norte-coreanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.