Corpo de empresário foragido é achado na Coreia do Sul

A polícia da Coreia do Sul informou nesta terça-feira ter encontrado o corpo do empresário foragido Yoo Byung-eun, procurado desde o naufrágio da balsa que deixou mais de 300 mortos e desaparecidos em abril deste ano. Autoridades policiais afirmaram que o corpo foi encontrado no último dia 12 e que testes de DNA e de impressão digital confirmaram a identidade do foragido.

Agência Estado

22 de julho de 2014 | 11h53

A polícia acredita que Yoo era o dono da balsa e que os casos de corrupção em que estava envolvido podem estar ligados às causas do naufrágio. Promotores procuravam pelo empresário desde o acidente e chegaram a oferecer uma recompensa de US$ 500 mil por dicas que levassem ao foragido.

Até ser encontrado e declarado morto, o empresário supostamente ainda era o controlador da companhia responsável pela balsa que naufragou por meio de uma rede de empresas em sociedade com seus filhos e outros associados. O governo sul-coreano conseguiu capturar uma das filhas de Yoo em maio na França e ofereceu US$ 100 mil de recompensa pelo filho mais velho.

A empresa havia falido na década de 1990, mas a família de Yoo continuou operando balsas no país através de outras companhias. O naufrágio, um dos maiores desastres da Coreia do Sul em décadas, gerou comoção nacional. Após 100 dias da tragédia, 294 corpos foram encontrados, mas outras dez pessoas continuam desaparecidas. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do Sulbarcocorpo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.