Corpo de homem ficou 20 anos dentro de barril de rum

Depois beber o conteúdo de um barril com capacidade para 300 litros de rum, com um ´sabor especial´, enquanto reformavam uma casa, trabalhadores de Szeged, no sul da Hungria, levaram um susto ao encontrar dentro do tonel vazio o corpo nu de um homem. De acordo com o site zsaru.hu, eles acharam estranho quando tentaram mover o barril, que deveria estar vazio, mas continuava muito pesado. Provavelmente, os homens acharam que era efeito da bebida o fato de encontrarem o corpo dentro do barril.Segundo o site, o corpo havia sido enviado da Jamaica há 20 anos pela sua esposa, para evitar ter que pagar os custos de uma volta oficial. O rum tinha um "sabor especial", que fez com que os trabalhadores guardassem algumas garrafas para levar para casa. A mulher já morreu e o homem finalmente teve um enterro digno. Segundo a BBC, o relato é o mais recente caso da descoberta de corpos preservados em bebida, alguns dos quais foram descartados como meros mitos. Este texto foi atualizado às 13h50.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.