Corpo de israelense é encontrado na Cisjordânia

A polícia de Israel encontrou um cadáver de um cidadão israelense dentro de um automóvel em Surda, perto de Ramala, na Cisjordânia. O corpo de Stanislav Sandovirsky, de 38 anos, originário de Beit Shemesh, nas proximidades de Jerusalém, apresentava marcas de violência, de acordo com a polícia israelense. Segundo investigações preliminares, se trata de um assassinato perpetrado por razões nacionalistas, por palestinos. Sandovirsky foi visto pela última vez com vida no sábado, em Nevé Yaacov, bairro periférico judeu de Jerusalém. Com a morte deste israelense, sobre para 483 o número de vítimas em territórios ocupados por Israel desde o começo da revolta palestina, em 28 de setembro do ano passado. No total, foram mortos 397 palestinos, 72 israelenses, 13 árabes israelenses e um alemão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.