Arquivo/Reuters
Arquivo/Reuters

Corpo de Madeleine McCann pode estar enterrado em Portugal

Menina desaparecida desde 2007 estaria enterrada na casa de primeiro suspeito formal do caso

estadão.com.br,

06 de julho de 2012 | 17h08

Texto atualizado às 17h36

 

LISBOA - Um empresário sul-africano disse que o corpo da menina Madeleine McCann, desaparecida em Portugal em 2007, está enterrado em uma casa localizada a cerca de 100 metros do hotel no qual os pais dela estavam quando o incidente ocorreu. Madeleine tinha 3 anos quando desapareceu.

 

Veja também:

linkFamília de Madeleine quer barrar propaganda

linkMissa marca 5 anos de caso Madeleine, em meio a pressões para reabrir caso

linkPortugal colabora com investigações por Madeleine, mas não reabrirá caso

linkPolícia britânica divulga foto de como seria Madeleine aos 9 anos de idade

especialESPECIAL: A busca por Madeleine

 

A informação é do jornal português Correio da Manhã, que entrevistou o empresário sul-africano Stephen Birch, empresário e "apaixonado pelo mistério" do desaparecimento da garota. "Estou plenamente convencido de que é a Maddie que está ali enterrada", disse ele ao jornal.

 

De acordo com a denúncia feita por Birch, o corpo estaria enterrado cerca de 60 centímetros abaixo do solo, "na região de uma passagem de cimento que foi construída depois do desaparecimento da criança". A reforma teria sido feita, segundo ele, após as buscas feitas pela polícia portuguesa no terreno.

 

A residência apontada por Birch é de propriedade do britânico Robert Murat, também empresário. Murat foi considerado o primeiro suspeito oficial no caso. De acordo com o Correio da Manhã, o sul-africano entrou em contato na quinta-feira, 5, com a polícia portuguesa e com a Scotland Yard, "que manifestaram interesse na pista e já a debateram entre si".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.