Corpo de Milosevic chega a Belgrado

O avião com o corpo do ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic aterrissou hoje no aeroporto de Belgrado, procedente de Amsterdã, depois de dois dias de indefinição sobre o local em que o funeral seria realizado. Milosevic morreu no último sábado, de enfarte, em sua cela em um centro de detenção das Nações Unidas próximo ao Tribunal Penal Internacional na cidade holandesa de Haia. O caixão foi transportado em um vôo regular da companhia aérea sérvia JAT e chegou às 15h45 (11h45 de Brasília), com 15 minutos de atraso. A cúpula do Partido Socialista da Sérvia (SPS), de Milosevic, foi ao aeroporto da capital para receber os restos mortais de seu fundador e líder, e carregavam uma grande coroa decorada com rosas vermelhas, o símbolo do partido. O caixão foi transferido para uma minivan azul-escuro de uma funerária privada, e será levado para um necrotério da capital da Sérvia e Montenegro. O corpo de Milosevic será expostos entre quinta e sexta-feira em Belgrado antes de ser levado a Pozaverac, a cidade natal do líder sérvio, onde será sepultado no sábado. O vice-presidente do Partido Socialista da Sérvia, Milorad Vucelic, encarregado pela família Milosevic de organizar o sepultamento, declarou hoje à televisão estatal sérvia que o caixão será exposto em um lugar da capital ainda a ser determinado. Uma fonte do partido tinha informado anteriormente que o enterro acontecerá no sábado, às 15h (11h em Brasília), em Pozarevac, a 70 quilômetros a sudeste de Belgrado, por decisão da família. Vucelic também acrescentou que será realizado um ato de despedida em Belgrado no próximo sábado ao meio-dia e se mostrou confiante de que estarão presentes ao sepultamento todos os membros da família de Milosevic, que nos últimos anos viveram fora da Sérvia. Os familiares de Milosevic exigiram inicialmente que seu funeral na Sérvia fosse realizado com todas as honras de Estado, mas o Governo descartou esta possibilidade e o Conselho Supremo de Defesa decidiu proibir o uso de unidades do Exército no sepultamento do ex-presidente no país. Milosevic foi encontrado morto no sábado em sua cela da prisão do Tribunal Penal Internacional para a Antiga Iugoslávia (TPII), em Haia, que o julgava desde fevereiro de 2002 por sua responsabilidade nos crimes de guerra cometidos na Bósnia, na Croácia e no Kosovo.

Agencia Estado,

15 Março 2006 | 12h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.