Corpo de Vieira de Mello ficará no RJ até domingo

A Prefeitura do Rio mobilizou polícia, Forças Armadas e funcionários da ONU para organizar o velório do alto comissário de Direitos Humanos das Nações Unidas, Sérgio Vieira de Mello, que acontece de sábado até domingo à tarde no Palácio da Cidade, na zona sul do Rio. O corpo deve chegar às 8h na Base Aérea do Galeão, na zona norte, e de lá seguir, de carro, para o palácio. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou presença e deverá chegar ao Rio às 11h para prestar homenagem ao brasileiro, morto no Iraque na última terça-feira. Ele deverá vir acompanhado da mulher, dona Marisa, e do ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.O avião presidencial (Sucatão), enviado pelo governo brasileiro para buscar o corpo de Vieira de Mello, tinha saída prevista de Genebra às 22h (horário local) de hoje, passando por Recife na madrugada para abastecer e chegando ao Rio pela manhã. Amanhã, haverá um cortejo acompanhado de carros da família e de dezenas de batedores da Polícia Militar. No Palácio da Cidade, militares das três forças deverão prestar uma homenagem ao brasileiro.A Prefeitura do Rio reservou o salão verde do primeiro andar do Palácio da Cidade para o velório e montou uma operação para receber as autoridades. Por motivos de segurança, não será permitida a entrada do público.O velório deverá se prolongar até as 17h de domingo, quando o corpo será levado de volta para a Europa. O enterro vai acontecer na França, onde moram a ex-mulher e os filhos de Vieira de Mello. Os três também chegam no mesmo vôo que transporta o corpo do brasileiro e ficarão hospedados no Palácio da Cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.