Corpo decapitado é de refém americano, diz família

A família de Jack Hensley, refém americano capturado por terroristas no Iraque, diz ter recebido confirmação de que o cadáver sem cabeça entregue a militares dos EUA é dele. A família recebeu a notícia hoje, dia em que Hensley completaria 49 anos.Em entrevista concedida pela manhã à TV NBC, o irmão da vítima, Ty Hensley, disse que sua cunhada, Pati, encontra-se "extraordinariamente devastada". "Ela é viúva agora", disse. "É mãe de uma menina de 13 anos tem que Tomra conta de duas mães. O que caiu sobre ela é um peso extraordinário".O corpo foi descoberto um dia depois da publicação, num website islâmico, da notícia de que um grupo ligado à Al-Qaeda havia matado seu segundo refém americano. Presumiu-se que fosse Hensley.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.