Corpo encontrado no Iraque é o de Hassan, afirma Austrália

O primeiro-ministro australiano John Howard disse nesta quinta-feira que um corpo encontrado em Faluja, com segurança, é o de Margaret Hassan, líder da organização humanitária CARE.No domingo, um corpo de mulher, mutilado, foi encontrado em uma rua de Faluja durante ataque americano.Para Howard, "tudo indica que Margaret Hassan foi assassinada por algum grupo terrorista no Iraque. Sua família e os governos britânico e irlandês concluíram que ela está morta". Hassan foi seqüestrada no dia 19 de outubro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.