Corpos de soldados britânicos mortos chegam à Inglaterra

Os primeiros dos 13 militares britânicos mortos na guerra contra o Iraque foram repatriados hoje em uma cerimônia solene com honrasmilitares. A cerimônia foi ressaltada pelo fato de que nenhum dos dezmortos cujos corpos chegaram hoje foi morto por fogo inimigo.O ministro da Defesa britânico, Geoff Hoon, representou ogoverno na cerimônia. O marechal das Forças Armadas sir John Daye o almirante sir Jonathan Band representaram as ForçasArmadas.Oito dos dez militares - um marinheiro, cinco marines(fuzileiros navais) e dois canhoneiros - foram mortos quando seuhelicóptero de transporte caiu na primeira noite da invasão doIraque, enquanto eles eram levados para o sul do país.Os outros dois foram mortos quando seu caça Tornado foiderrubado por um míssil Patriot, quando eles retornavam de umamissão de bombardeio duas noites depois.Enquanto o avião de transporte que os trazia aterrissava nabase da Força Aérea Real em Brize Norton, Oxfordshire, anoroeste de Londres, uma bandeira foi hasteada a meio pau.Cobertos com a bandeira britânica, os caixões foram retiradosum a um do avião, enquanto orações eram lidas por três capelãesdas Forças Armadas e o Marines tocavam a Marcha Fúnebre deHandel. Os caixões foram depositados em carros fúnebres e levados aum salão para que as famílias prestassem suas condolências. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.