Corpos encontrados em Bagdá chegam a 145 em cinco dias

A Polícia iraquiana encontrou 26 corpos de pessoas torturadas e assassinadas a tiros nas últimas 24 horas em diferentes pontos de Bagdá, elevando a 145 o total nos últimos cinco dias.Segundo informaram neste sábado, 24, fontes das forças de segurança iraquianas, os corpos, em sua maioria amarrados e com os olhos vendados, foram levados ao principal necrotério de Bagdá.As patrulhas policiais encontraram ontem 25 desconhecidos crivados de balas em vários pontos da capital iraquiana. A maioria dos assassinatos é atribuída à violência entre xiitas e sunitas. O conflito explodiu em fevereiro do ano passado, com o atentado que destruiu a cúpula de um importante santuário xiita de Samarra, ao norte da capital. Desde então, milhares de pessoas foram seqüestradas, torturadas e assassinadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.