Corre-corre em escola deixa 8 crianças mortas na China

Oito crianças morreram e 26 ficaram feridas em um corre-corre nas escadas de uma escola na China, segundo informaram a imprensa e o governo chineses. A tragédia ocorreu ontem à noite, pouco depois das 21 horas locais, em uma escola particular de Xiangxiang, a cerca de 1.100 quilômetros ao sul de Pequim.

AE-AP, Agencia Estado

08 de dezembro de 2009 | 14h03

Mais de 400 alunos saíam das aulas noturnas quando se afunilaram em uma escada de apenas 1,2 metro de largura, informou a emissora de televisão "CCTV". A agência de notícias "Nova China" citou um aluno não identificado comentando que a tragédia pode ter sido causada por dois garotos que bloqueavam intencionalmente a saída da escada no andar térreo. Segundo relatos, as crianças começaram a empurrar, até que uma delas caiu.

Os mortos eram sete meninos e uma menina, todos com idade entre 11 e 14 anos. Dos 26 feridos, oito foram internados com ferimentos graves, segundo a agência. O prédio de cinco pavimentos possui quatro saídas, mas os alunos escolheram uma mais próxima dos dormitórios, porque chovia no momento da tragédia.

A prefeitura de Xiangxiang informou que o diretor da delegacia local de ensino foi afastado. O diretor da escola e um administrador foram detidos, afirmou uma fonte no governo local.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaescolacriançascorre-corre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.