Correa: EUA querem frear esquerda na América Latina

O candidato presidencial equatoriano Rafael Correa disse neste domingo que a anunciada renovação da ajuda militar dos Estados Unidos ao Equador procura frear o avanço da esquerda na região. Os EUA querem retomar um plano de capacitação militar na América Latina "perante o perigo do avanço da esquerda" e de "Governos nacionalistas que não vão receber ordens de ninguém", afirmou o político. Correa, que disputará a Presidência com o multimilionário Álvaro Noboa no segundo turno, em 26 de novembro, lembrou que a Administração americana suspendeu sua ajuda militar aos países que não aceitaram outorgar imunidade a seus soldados. "Me parece horrível que, de forma tão aberta, tão descarada, se reconheça o combate a uma tendência que, em uma região soberana e livre como a América Latina, está surgindo livremente", disse o candidato do movimento Aliança País. Por sua parte, a Embaixada dos Estados Unidos em Quito esclareceu que a reativação de um plano de apoio militar a vários países latino-americanos busca apenas o fortalecimento da capacitação profissional dos soldados dessas nações. Aaron Sherinian, assessor de imprensa da Embaixada, assegurou em comunicado que a decisão do presidente George W. Bush de autorizar uma exceção à proibição de enviar ajuda militar se sustenta no programa de "Capacitação Internacional para a Educação Militar" (Imet, sigla em inglês). Esta exceção, segundo Sherinian, "se limita a programas de educação e capacitação, tanto para militares como para civis, elaborados para melhorar o nível de profissionalismo do setor de Defesa". A exceção será aplicada em 21 países, entre os quais se encontram Brasil, Equador, Bolívia, Trinidad e Tobago, México, Paraguai, Peru, Saint Vincent e Granadinas, Costa Rica e Uruguai, segundo o comunicado.

Agencia Estado,

12 Novembro 2006 | 01h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.