Correa responderá a ''atropelos'' de Bogotá

O presidente equatoriano, Rafael Correa, anunciou ontem que responderá de forma contundente, mas pacífica, aos "atropelos" do governo da Colômbia - entre elas a incursão militar no Equador que causou a morte do número 2 das Farc, Raúl Reyes, no dia 1º. "Na segunda, daremos uma resposta concreta a todos os abusos de Bogotá", afirmou Correa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.