CORREÇÃO(OFICIAL)-Japão pode banir produtos vindos de Fukushima

O Japão confirmou a presença de contaminação radioativa em alimentos oriundos da região da usina nuclear de Fukushima, atingida pelo forte terremoto e devastador tsunami há uma semana, e considera proibir a venda dos produtos da região, disse a agência de fiscalização nuclear da ONU neste sábado.

REUTERS

19 de março de 2011 | 13h54

"Apesar do iodo radioativo ter uma meia-vida de cerca de oito dias, que decai naturalmente em questão de semanas, há um risco de curto prazo à saúde humana se o iodo no alimento for absorvido pelo corpo humano", disse a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) em comunicado.

(Reportagem de Fredrik Dahl)

Tudo o que sabemos sobre:
JAPAOALIMENTOSAIEA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.