Corte adia anúncio de vencedor de eleições na Ucrânia

A Corte Administrativa da Ucrânia informou hoje que suspendeu a divulgação dos resultados da eleição presidencial. O motivo é uma apelação apresentada pela atual primeira-ministra e candidata, Yulia Timoshenko.

AE-AP, Agencia Estado

17 de fevereiro de 2010 | 10h44

Em comunicado, a corte afirmou que suspendeu o poder da Comissão Central Eleitoral de anunciar a vitória de Viktor Yanukovych na eleição do dia 7. Yulia aparecia como derrotada, de acordo com os resultados anteriores, que confirmavam a vitória de Yanukovich por uma margem de 3,5 pontos porcentuais.

A corte deve decidir sobre o recurso de Yulia até amanhã, data marcada pelo Parlamento para a posso do novo presidente. A primeira-ministra se recusou a admitir a derrota e agora pressiona para provar que houve fraudes na disputa.

Tudo o que sabemos sobre:
Ucrâniaeleiçõesvencedor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.