Corte da Romênia ordena reexame de votos anulados

A Corte Constitucional da Romênia ordenou hoje o reexame dos votos anulados nas eleições presidenciais de domingo no país. A decisão judicial ocorre após os social-democratas denunciarem "fraude generalizada" no pleito.

AE-AP, Agencia Estado

11 de dezembro de 2009 | 10h49

O tribunal pode ainda validar a eleição ou ordenar que se realize uma nova disputa. O candidato social-democrata Mircea Geoana obteve 49,7% contra 50,3% do atual presidente, Traian Basescu. A margem de erro é de apenas 70 mil votos. Na disputa foram anulados 138 mil votos.

Tudo o que sabemos sobre:
Romênioeleiçãovotos anulados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.