Corte europeia ratifica condenação por incesto

O Tribunal Europeu de Direitos Humanos rejeitou um pedido de liberdade para um alemão condenado por incesto. Patrick S., de 36 anos, está preso na Alemanha por ter mantido um relacionamento com a própria irmã, com quem teve quatro filhos.

O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.