Corte federal dos EUA nega-se a proibir casamento gay

Uma corte federal de apelações rejeitou um pedido para que impedisse os primeiros casamentos entre homossexuais sancionados por um governo estadual, marcados para a próxima semana. O Tribunal de Apelações manteve decisão do juiz Joseph L. Tauro, que já havia negado uma medida emergencial para deter os casamentos. Mas o tribunal afirmou que analisará o mérito da questão em junho.Tauro havia decidido que a Corte Constitucional do Estado de Massachusetts não exorbitou de sua autoridade ao permitir o casamento gay, já que tem ?a autoridade para interpretar e, se necessário, reinterpretar o termo ´casamento´ tal como consta na Constituição de Massachusetts?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.