Corte suspende pacto sobre bases na Colômbia

BOGOTÁ

REUTERS, O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2010 | 00h00

A Corte Constitucional da Colômbia suspendeu ontem a vigência de um acordo militar com os EUA e o devolveu à presidência para que tramite sua aprovação no Congresso.

A Colômbia e os EUA assinaram no fim de outubro um polêmico acordo que permitia por dez anos o acesso de militares americanos a sete bases colombianas para realizar operações contra o narcotráfico e o terrorismo. O pacto enfureceu os governos de esquerda da região.

O governo do presidente Juan Manuel Santos tem ampla maioria no Congresso, por isso conseguiria facilmente aprovar o acordo militar. O governo da Colômbia havia ignorado a recomendação de um alto tribunal sugerindo que o pacto fosse enviado ao Congresso e à Corte Constitucional para um controle de legalidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.