Costa do Marfim realiza hoje eleição presidencial

Pela sexta vez em cinco anos, a Costa do Marfim tentará, hoje, realizar uma eleição presidencial que não termine em adiamento, frustração e guerra civil. A disputa terá implicações não só para marfinenses, mas também para o mercado mundial de chocolate - metade da produção mundial de cacau é do país. Três candidatos estão no páreo, mas o favorito é Laurent Gbagbo. Ele foi eleito em 2000, mas continua até hoje no poder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.