Costa do Marfim tem dia de protestos violentos

A violência tomou conta da capital comercial da Costa do Marfim, Abidjan, nesta quinta-feira. Ao menos uma pessoa morreu e muitas outras ficaram feridas depois que as forças de segurança do país agiram contra uma multidão que protestava nas ruas quebrando janelas e amassando carros.Uma guerra civil de nove meses foi oficialmente terminada em julho, mas o país continua dividido. Um militar afirmou que já existe inquérito para saber como o manifestante morreu. Um agente funerário que tratou do corpo afirma que ele morreu à bala. Funcionários de hospitais da cidade disseram que muitos casos de pessoas feridas por tiros foram registrados. Mas não souberam dizer se as balas eram de borracha ou metal. Os militares reconhecem ter usado apenas gás lacrimogêneo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.