Costa Rica protesta contra acusações de Daniel Ortega sobre nexo com narcotráfico

Ortega fez essas declarações em mensagem ao país por cadeia nacional

Efe,

15 de novembro de 2010 | 03h15

A Costa Rica enviou no domingo,14, uma nota formal de protesto à Nicarágua pelas declarações do presidente desse país, Daniel Ortega, que no sábado manifestou que "o narcotráfico (está) dirigindo a política externa da Costa Rica".

O chanceler costarriquenho, René Castro, entregou ao embaixador da Nicarágua em San José, Hárold Rivas, uma carta dirigida a seu colega nicaraguense, Samuel Santos, na qual afirma que as palavras de Ortega foram "insultos e acusações infundados".

Castro assinalou que as expressões de Ortega foram "difamatórias e sem apresentar o mínimo elemento de prova, pela simples razão que não existe".

Ortega fez essas declarações em mensagem ao país por cadeia nacional no marco do litígio que mantém com a Costa Rica pelas denúncias de San José sobre uma "invasão" de militares nicaraguenses na fronteiriça Ilha Calero, no Caribe, em um local que ambos os países consideram parte de sua soberania.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.