Cresce a delinqüência nos EUA

O número de assassinatos nos EUA aumentou 3,1% no ano passado, e os departamentos policiais de todo o país acusaram um aumento generalizado de crimes graves pela primeira vez em uma década, informou uma fonte policial.O funcionário, que pediu para não ser identificado, citou um informe anual que será apresentado nesta segunda-feira pelo FBI, segundo o qual cresceu o número de assaltos, roubos e furtos de automóveis. No total, os crimes mais graves aumentaram 2% em 2001 em comparação com 2000, disse o funcionário no último sábado.O Washington Post noticiou neste domingo essas estatísticas. Dizendo ter recebido uma cópia do informe, destacou que o boletins de ocorrência nas zonas suburbanas aumentaram em 2,2% no total. Por região, apenas o nordeste mostrou uma queda nos índices de criminalidade. O maior aumento ocorreu no oeste, seguido pelo sul e o meio-oeste, disse o jornal.O Post informou que a maior parte do aumento em 2001 se deve ao crescimento do número de crimes contra a propriedade, liderado pelo aumento de 6% nas cifras de furtos de automóveis, enquanto o número de crimes violentos aumentou apenas 1%.Em muitas cidades americanas, cresceu fortemente o número de homicídios no ano passado, incluindo um acentuado incremento de 67% em Boston e aumentos percentuais de dois dígitos em Houston, Atlanta, San Luis e Phoenix. Em menor medida, o número de assassinatos também aumentou em Chicago e Los Angeles, mas continuou declinando em Nova York, excluindo o ataque ao World Trade Center.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.