Cresce dependência de ajuda alimentar

Em breve, metade da população do Zimbábue vai precisar de ajuda alimentar constante, disse o chefe da operação humanitária da ONU no país, John Holmes. Ele afirmou que 3 milhões de pessoas já dependem da assistência diária e o número pode aumentar para 5 milhões com a deterioração das condições locais. Mas Holmes reconheceu que o acesso das agências humanitárias ficou mais fácil desde o acordo político de duas semanas atrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.