Cresce nos EUA movimento a favor de boicote à BP

Enquanto a British Petroleum (BP) parece nadar contra a correnteza nos esforços de conter o vazamento de petróleo no Golfo do México após a explosão de uma plataforma em abril, cresce o movimento de boicote à empresa na internet. No Facebook, o número de fãs da página "Boycott BP" está ganhando velocidade espantosa. De alguns milhares na semana passada, a página tinha hoje 181.715 pessoas.

LUCIANA XAVIER, Agência Estado

28 Maio 2010 | 18h33

"Será que ninguém mais pensa que é hora de parar de dizer derramamento de petróleo? Trata-se de um fluxo ininterrupto, uma hemorragia", disse Anita Heisley Harrington em um dos comentários.

Quando se digita no site de busca Google as palavras "boycott BP" aparecem 2,1 milhões de resultados. Em português, as palavras "boicote BP" mostram 63.200 resultados.

Vários sites estão vendendo modelos de camisetas com os dizeres "Boicote à BP", em inglês. Em um deles, vários modelos são apresentados ao preço de US$ 21,95.

Mais conteúdo sobre:
petróleo vazamento ambiente boicote BP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.