Cresce o número de pobres nos Estados Unidos

Mais americanos viveram na pobreza em 2002 do que em 2001, segundo o Instituto de Recenseamento dos Estados Unidos. Mais da metade dos pobres eram crianças. Quase 17,2% das crianças, ou 12,2 milhões, viveram na pobreza em 2002 comparados com 16,4%, ou 11,5 milhões, de 2001, de acordo com a Comunidade Americana de Pesquisa.No total, 12,4% da população, aproximadamente 34,8 milhões de pessoas, eram pobres em 2002. No ano prévio, este número foi de 12,1%, ou 33,4 milhões. "Os resultados da pesquisa são coerentes com um período de dificuldades econômicas", disse Chuck Nelson, um dos encarregados do trabalho.A pesquisa cobre 62 mil pontos do país. O instituto faz seus cálculos tomando por base o resultado de questionários aplicados durante um período de 12 meses. As estatísticas oficiais do ingresso na pobreza vêm de exaustivas pesquisas sobre o estado econômico e, geralmente, são publicadas no final de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.