Crescem suspeitas de fraudes em registro eleitoral

A eleição no Estado americano de Virgínia já está contaminada pela desconfiança de fraudes. Uma campanha pela ampliação do número de eleitores registrados para votar em novembro disparou o alarme ao incluir animais de estimação e pessoas falecidas. O órgão estadual responsável por fiscalizar a integridade do processo eleitoral decidiu, na semana passada, não investigar o caso. No entanto, a suspeita continua no ar, especialmente do lado republicano. Virgínia, ao contrário de outros Estados do país, não exigirá a apresentação de um documento de identidade com foto para o eleitor poder votar. / D.C.M.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.